30 agosto 2012

Verdade ou mito?! #editado

Como nada se cria, tudo se copia... Resolvi entrar na onda! Toda essa corrente (como ela mesa disse rs), começou com a Valéria do blog Controversando.

Você vai reconhecer todos os choros do seu filho, é instintivo.
Verdade. Nos primeiros dias a gente confunde um pouco, mas depois nos tornamos interpretes. Eu achava incrível entender cada chorinho do Junior. E não é só o choro, depois vem os sorrisos. É fantástico isso!
Todos os seus nojos desaparecem.
No que diz respeito ao nosso filho, sim! Não tenho nojo de beijo babado, vomito, meleca, baba, coco... Mas do Junior! De outra criança eu morro de nojo!!! Aaaaarrrgh!!!
 
♥ Você vai achar que o seu nenê é o mais lindo do mundo.
Pra mim é sim. Mas não sou hipócrita de dizer que não existe criança ou bebê mais bonito que ele. Amo meu filho, mas não sou cega né gente!
Você vai amar seu bebê no INSTANTE que ele sair da sua barriga.
Não é bem assim não. O amor vai crescendo com o passar dos dias. Claro que a gente ama, mas ter noção (ou pelo menos tentar ter) da dimensão desse amor, aaaaahhh só no dia a dia. Você vai se perguntar depois como pode um amor assim caber no peito.
Cheiro de filho é a melhor coisa do mundo.
Sem sombra de dúvidas. Amo cada cheirinho do meu filhote. Amo o cheirinho do suor, do hálito, do bilau sujinho. Até o cheirinho da bundinha dele eu amo kkkk #aloca
 
Seu casamento vai mudar
E muito, a gente nem sabe o quanto. Ai vai depender d nível que o relacionamento está. A gente acha que quanto maior o bebê, melhor vai ficar e isso é mentira. Quando o Junior começou a "exigir" a nossa atenção, ficamos distantes um do outro, começamos a nos perder. Até que conversamos e chegamos à seguinte conclusão: faz parte. Se o casal não conversa, não sabe chegar a um denominador comum, a tendência é deixar de ser casal e serem somente pai e mãe. E o dia que isso acontecer, é porque a coisa tá mais pra lá que pra cá. Graças à Deus somos um casal e muito bem, diga-se de passagem! rs

Você vai se apaixonar ainda mais pelo seu marido.
Outra coisa que depende. No nosso mundo da blogsfera, o que mais tem é casal querendo ser pais. Mas a realidade do mundo hoje é menina sendo mãe solteira, e o pior, às vezes nem sabe quem é o pai. Mas, como estou falando de MIM... Sim, eu me apaixonei mais ainda pelo Maicon. Falo com todo orgulho do mundo que ele é um excelente pai/chefe de família. Se preocupa com o nosso bem estar (isso inclui segurança, saúde, alimentação), com o nosso futuro. Me deu uma família que eu nem imaginava! Amo, amo muito meu magrelo!!! kkk
 
♥ Você vai ver que você daria seu cachorro/gato por causa do trabalho.
Não vou negar que penso nisso. Mas, ao mesmo tempo, penso que o Junior e o Marley ainda nem se conhecem direito e também no amor que sinto por ele. Mesmo ele sendo muito levado e me fazer enfrentar vários problemas por conta disso. Quando eu tiver minha casa, espero que as atitudes do Marley melhorem. Mas, por enquanto, tá dando pra levar. Fora, que o marido ajuda!
 
Você vai morrer de ciúmes quando pegarem seu bebê.
De pegar eu nunca tive cíume, mas na parte dos cuidados eu tinha/tenho muito. Pra se ter uma idéia, o Junior tomou banho pelas mãos de outra pessoa aos 6 meses! Eu sempre amei cuidar dele: dar banho, trocar fralda, dar comida... Adoro fazer as coisas do meu bebê. Hoje eu "controlo" esse meu sentimento. Frizando: pegar no colo nunca tive cíume, não!
 
Você vai descobrir o que é amor incondicional.
Aaaahh, isso é mais que fato. É a verdade mais absoluta que existe! 
 
♥ Você vai entender sua mãe.
Lembro perfeitamente de quando ela dizia: "Quando você tiver os seus filhos, você vai me entender!". E super, super, super entendo.
 
Visitas na maternidade são um saco (pq é isso que falam).
Ai eu amava. Passei 3 dias naquela maternidade vendo, o dia passar por uma janela que dava vista prum barranco. Nada melhor do que ver a família pra não se sentir só né gente! Mas em casa, tinha dia que me incomodava. Tinha aqueles dias de "não to afim", mas você tem que ficar lá, fazendo sala, repetindo as mesmas histórias, respondendo as mesmas perguntas, e o pior, ouvindo os mesmos pitacos!
Amamentar é divino.
Depende. Até uns 4 meses atrás, pra mim, era. Tirando a fase ruim, que foi a pouco tempo atrás, é sim. Não digo divino, por que né, não vamos exagerar. Mas é muito, muito gostoso. A troca de sentimentos e o laço que se cria, não tem como explicar. 
A gravidez te prepara pro nascimento.
Quem te enganou, amiga?! Gravidez tá muito longe disso! Pra começar, a gente monta toda aquela cena do parto na cabeça, e chega no dia não chega nem metade, da metade, da metade, daquilo que a gente imaginou. Bom pra mim foi assim.

A culpa vai te acompanhar pro resto da vida.
A culpa vira nosso nome. Tudo, tudo que acontecer de ruim vai fazer esse "lindo" sentimento aparecer!

27 agosto 2012

Finalmente aconteceu!

Com poucos chororos, com poucas lágrimas. O desmame aconteceu! Vamos as nossas noites.

No dia que fiz o post sobre a minha relação peito-Junior-prazer, comecei o desmame. Logo assim que terminei o post, eu não dei peito pra ele. Continuei com o metodo da distração, que funcionou até a hora de dormir.

Depois que o Maicon chegou, troquei a roupinha dele e deitei com ele no sofá, com todas as luzes apagadas. Mas, se eu deitava ele pedia peito, então tive que ficar ninado ele em pé. Ficamos nessa por 12 hora, até que ele dormiu, sem muitas reclamações.

Às 2:30h da madruga, ele acordou. Levantei, peguei ele e deitamos na minha cama. Ele resmungou um pouco, mas em 10 minutos voltou a dormir. Achei até que foi fácil, por ser a primeira vez. E quando foi umas 6 da manhã, Junior abre o berreiro, reclamando horrores. Ficou no chora-resmunga-fazpirraça-cochila, até as 8. Depois dormiu até as 10, como sempre.

Na quarta o dia passou normalmente. Por volta da 8 da noite ele começou a dar sinais de sono. Tentei manter ele acordado até as 10, quando iniciamos o processo de dormir: troca de fraldas, ultima mamadeira, pijaminha. Quando o papai chegou ele ainda estava acordado, mas não demorou muito pra pegar no sono de novo.

Novamente, às 2:30 ele acordou, e voltou a dormir rapidamente. Às 8 começou a dar sinais de que iria acordar, mas a preguiça não deixava. Às 9 estava de pé.

A noite de quinta-feira foi complicada. Eu não dormi em casa, fiquei na minha mãe por um problema que não posso expor aqui. Mas, pelo que o papai me contou, foi praticamente como nas outras noites.

As outras noites tem sido como essas, ele acorda por volta das 2 da manhã e logo volta a dormir. To começando a achar que ele sente minha falta, vou ter que começar o processo de descompartilhar a cama. Como eu já disse, nessa acordada trago ele pra minha cama.

No mais estamos indo muito bem. Ele tá meio enjoadinho por conta de mais dois dentinhos que estão pra nascer, mas o peito ele não pede mais. Pensei que seria um desmame sofrido, que ele choraria muito, faria muita pirraça. Mas não, está sendo bem tranquilo.

Confesso que EU estou sofrendo agora, to começando a sentir falta da troca de carinho que tinha. Chega doer. Mas é um "mal necessário", o Junior tá crescendo e isso faz parte do desenvolvimento dele.


21 agosto 2012

Amamentar: até quando?

Estou numa das piores fases da minha vida como mãe. Eu sofro, tenho vontade de chorar, de sair correndo. To me sentindo um peixe fora d'água, a mamãe mostro que não gosta de amamentar seu filho. E, por incrível que pareça, o que mais estou lendo nos blogs maternos é relatos maravilhosos sobre amamentação.

Ai vocês vão pensar assim: "Cruzes, que mãe é essa que não gosta de dar mamar pro filho! Porque teve então?" Gente, a coisa aqui tá difícil, muito difícil! Difícil no último grau que essa fase pode chegar. Eis agora o meu relato, que por sinal não vai ser nada agradavel. Vocês gostem ou não!

Sempre tive leite, muito leite, graças a Deus! Com 8 meses meu peito já vazava, e eu me sentia muito feliz por saber que poderia amamentar, que eu seria e teria o alimento tão primordial pros primeiros meses de vida do meu filho.

Junior nasceu. E sem nenhuma dificuldade, a primeira mamada foi um sucesso. E o muleque era guloso! Na maternidade ele acabou com o colostro e lá mesmo meu peito começou a rachar e a doer. Mesmo assim eu não desisti, aquilo me dava prazer, felicidade. Eu me senti capaz demais, pois coloquei ele no mundo e dava o alimento que ele tanto precisava. Amava toda aquele troca de carinho, de afeto e de amor que tinhamos.

Os meses foram passando, outros alimentos começaram a ser introduzidos e o Junior nem tchum. Ele não dava um sinalzinho se quer de que começaria a largar ou diminuir as "goladinhas", não esquecia o peito em nenhum momento! Mas não me incomodava e ele acordava no máximo 3 vezes por noite.

Mas, o tempo foi passando, passando... E nada! Ele não esquece! Há quase um mês atrás eu fiz um relato sobre o inicio do desmame. Comecei tirando as mamadas diurnas, que não tiveram nenhum resultado. Eu, mera tola, achei que não mamando mais durante o dia ele, aos poucos, pediria menos durante a noite. E me enganei! Como me enganei! Fez o efeito contrário, ele nunca acordou tanto. Nem mesmo quando era um RN, a coisa era tão complicada!

Ontem, lendo o relato da Carol que está mudando o sono do Lucas, percebi que ele chega a negar peito. Gente por aqui num rola nem a pau! Se o Junior acordar no meio da noite, o que acontece sempre, a única coisa que vai fazer ele dormir de novo é o peito! 

Agora, pensem comigo, imaginem um bebê de 1 ano e 3 meses acordando mais de 4 vezes toda noite?? E com isso rola a cama compartilhada sempre. Eu ando tão cansada que chego a trazer ele pra cama dormindo, essa noite mesmo nem lembro como ele veio parar do meu lado.

Eu to desesperada, me sinto uma mãe de merda, que não consegue desmamar o filho, que não consegue acabar com a cama compartilhada. Que não consegue dar padrão nenhum a ele!

Ainda tem outra, o sono dele tá uma porcaria! Funciona assim os horários:
9/10h - acorda e toma mamadeira
12h - Almoço
15h - Lanche
18/19h - Janta
22h - Mamadeira
?? - Dormir

Ele toma vitamina, come bastante fruta, bastante legume, pão, biscoito, suco. Enfim, ele come de tudo. Depois do almoço eu dou banho, se eu der antes bate moleza e ele não almoça direito. Ai lááááá pras 2/3 da tarde ele dorme. É um sono ótimo depois da troca de horário. Antes ele almoçava e eu logo fazia ele dormir, na realidade não era nem dormir era cochilar, durava só 40 minutos, no máximo 1 hora. Mas ai lá pras 7 da noite ele queria dormir de novo. Ai honey, soninho de novo só 1/2 da manhã!!!

Enfim, depois que troquei o horário do sono as coisas melhoraram. Mas ele reluta muito pra dormir! Tudo se complica depois que o Maicon chega do trabalho, as 11 da noite! Ele quer brincar com pai. Já pedi pro Maicon evitar brincadeiras agitadas com ele nesse horário e até que funcionou. Mas mesmo assim ele briga muito pra se entregar ao sono. Ele só dorme depois de não aguentar mais!

Eu estou desgastada, cansada! Porque além de não dormir anoite, eu passo o dia ligada no 1500volts. O Junior é muito, muito levado! Eu falo até que quem pariu ele foi uma macaca de tanto que ele trepa nas coisas kkkk. Se eu der mole ele foje pro quintal, já quebrou um prato, ligou o ferro de passar na tomada, pega vassoura, balde. Tudo pra ele é brinquedo.

Eu fico com dó. Sei que bem no fundo é porque ele brinca pouco, a minha casa é muito pequena e o lugar que moro não ajuda em nada. Nem posso levar o menino pra correr na rua porque aqui é um lugar muito perigoso. Posso dizer, com todas as letras e com toda vergonha do mundo, que moro numa favela! Na minha infância esse lugar era maravilhoso, mas hoje... Se eu quiser que meu filho cresça e seja um homem de bem ou eu saio daqui ou ele é criado preso, vivendo de casa pra escola e de escola pra casa.

Gente, me ajuda me socorre! Fiz esse post num momento de desespero. Eu to muito, muito cansada. Sei que vou ter que desmama-lo na marra, tirar de vez. Sei que vai ser estressante e muito cansativo, eu tenho medo de não dar conta! Mas por outro lado sei que continuar assim é prejudicial pra ele e pra mim.

Só pra constar, ele não pega chupeta!

Me ajudem, por favor!!!!

15 agosto 2012

As últimas...

Pois é, com um monte de coisa pra contar e minha inspiração tá lá em baixo. Quando penso "vou postar sobre tal assunto", as palavras somem da minha mente e eu travo!

Daí, que vou tentar contar nesse post as novidades, tá ok!

Bom, Junior completou 14 meses dia 11. Continua levado, me deixando louca da vida. Mas graças a Deus meu filho tá aqui, bem! Isso é o que importa!

Marido e eu estamos pensando em comprar nosso canto. Vamos ver um condominio que está sendo construido aqui perto. Temos um amigo que é corretor, ele disse que são lindos e baratos. O Maicon tá pegando umas informações com o pessoal do trabalho, dizem que no começo é beeeeem puxado por conta das taxas, mas como temos esse amigo, esperamos que ele fale tudo sobre essa parte chata. Se não der certo, estamos pensando em pedir uma carta de crédito na Caixa.

Mas, a maior novidade de todas é que comecei meu negócio! Não é algo que se diga "nossa, ela enricou!", mas espero chegar lá rs. Estou fazendo convites de festa. Cheguei a pensar nos personalizados, mas dão um pouco de trabalho na parte do material. Pensem comigo: vou trabalhar pra pobre, não dá pra cobrar 4 reais num potinho de papinha personalizado e vazio, né gente! EU não pagaria! Outra, a Taly faz um excelente trabalho com a Dona Mocinha Festas e Personalizações, deixo todo o "gramour" pra ela, sem dúvidas. Então resolvi me dedicar aos convites, que eu amo fazer. Faço com todo amor, como se fossem pra mim!

Essa história, na realidade, começou com o meu casamento. Fiz os meus convites de chá e casamento, que fizeram o maior sucesso. Daí, com o niver do Junior, comecei a ver essa parte dos personalizados e me encantei. Mas caí na real que meu forte são convites. Casamento, 15 anos, chá...

Recebi poucas encomendas. Claro, to começando né (a loca querendo bombar no começo kkk). Marido tá me dando o maior apoio, me aconselhou a fazer um curso de designer gráfico, ouvi e mês que vem começo. 

Quem se interessar, tá ai os links do meu trabalho! Conto com a visitinha de vocês, tá.Beijo, beijo, beijo.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...