30 outubro 2012

Novo template

Há muito tempo, acho que desde que eu criei o blog, eu queria muito deixar ele com a minha carinha. Enfim, realizei meu sonho.

O que vocês acharam? 

Se vocês quiserem, entrem em contato lá no blog GS Arte Visual


09 outubro 2012

A grama do vizinho é sempre mais verde

Que mãe nunca se martirizou porque o filho de alguém da mesma idade, ou aproximada, faz alguma coisa que o seu não faz? Pois é, de vez enquando eu tenho um grilo desse. 

Mas isso acontecia com mais frequência quando o Junior era mais novinho. Me incomodava ele com 8 meses não ter nenhum dente, me incomodava ele com 6 não sentar, me incomodava, me incomodava, me incomodava... Tudo que o filho de alguém já fazia e o meu não, eu me sentia um coco de mãe. Será que eu to estimulando pouco? Será que meu filho tem algum problema? Ai! Porque ele não faz isso logo??

Hoje o que de vez em quando eu dou aquelea baqueada é a fala. O Junior tem quase 1 ano e 5 meses e não fala nada praticamente. Tem horas que é nitido que ele tá conversando, mas eu quero entender pra poder interagir. 

Ele fala mamã, mãe, tau (tchau), uo (alô), nenem e só. Algumas outras palavras são um tanto confusas, só eu ou pai entendemos porque convivemos com ele, mas essas outras são beeeeem pouquinhas.

Conta meu pai e minha mãe que meu avô me deu água na concha e botou um pinto pra piar na minha boca pra eu falar logo. E tem gente que insiste pra que eu faça isso, só que eu não quero e pronto! 

Cheguei a seguinte conclusão: na hora dele ele vai falar! Toda criança adianta em uma coisa e atrasa em outra. O Junior andou com 11 meses. E foi rápido, ele mal sentou em em menos de 3 meses estava andando. Ele é muito observador, tudo que agente faz perto dele tem que ter um certo cuidado, não demora muito ele tá fazendo igual.

Mas, no fundo, bem lá no fundo, eu me incomodo. 

E vocês, já sentiram isso antes ou só eu que to nesse barco??

Meninas, não deixem de participar do sorteio, hein! É só clicar na imagem que tá ai em cima do post!

Beijo.

03 outubro 2012

Sorteio

Meninas, to fazendo um sorteio no meu blog de trabalho. Vão lá dar uma olhada: gsartevisual.blogspot.com.br
http://gsartevisual.blogspot.com.br/2012/10/nosso-primeiro-sorteio.html

02 outubro 2012

Meu filho não é qualquer coisa!

Gente, na boa, eu não vi essa droga de vídeo que causou tanta polêmica e agora que não vejo mesmo. Eu sou uma mãe full time, que tá pensando em colocar o filho na creche SIM! E daí?!

Mas o que mais tá me doendo nessa história toda é que estão tratando as crianças como uma coisa qualquer. Meu filho NÃO É um produto pra ser terceirizado!!! Pronto, falei! Vamos parar de tratar nossas crianças como nada!

Tem mãe que é contra, tem mãe que é favor. As que são contra, dizem que é errado, que não faria isso, que a mãe que faz é mãe de merda. Mas, vocês já pararam pra pensar que essa mesma mãe pode NECESSITAR desse emprego, que se ela largar o filho pode não ter o que comer, que nem tudo da vida dela ela coloca nessa porra de blog? Me desculpem a expressão, mas é isso! Talvez essa mãe de merda ai não tenha opção! Você não mora na casa dela pra saber, tá criticando porque então?? Eu duvido que se essa mãe falar que tá faltando leite em porque parou de trabalhar, você vai oferecer uma latinha do leite mais barato pra ela!

Eu, Grauce Keli, fui criada pela minha avó paterna minha mãe e meu pai PRECISAVAM trabalhar. Estudei até a 3ª série em escola particular e o resto na pública. E sabe o que mais me orgulha nisso tudo: nunca me faltou nada, sempre tive do bom e do melhor! Sempre entendi perfeitamente os motivos da minha mãe, não sofri com isso, e TENHO UMA ÓTIMA EDUCAÇÃO! Conheço mulheres da minha idade que tiveram uma super-mamãe em casa, que não trabalhava, e hoje são as mais faladas da rua. São verdadeiras biscates, que se vulgarizam e não tem educação. Usam drogas, bebem pacas! Trocam de namorado como trocam de roupa, não tiram um palavrão da boca, são barraqueiras.

Talvez, você que tá criticando, esteja comendo angu e arrotando caviar. Seu filho use a fralda mais barata e você tái, preocupada com o que a outra faz com o filho dela. Sabe o que é engraçado: elas não te criticam porque você tá em casa, pelo contrário, parabenizam pela coragem de fazer isso.

Não to me importando com os comentários, anonimos sejam bem vindos. Eu to cansada desse papo de EU SOU MAIS MÃE QUE VOCÊ! Ninguém mora na casa do outro pra sair "metendo bala"! Parem de tratar os NOSSOS filhos como qualquer coisa! Isso pra mim é coisa de falta de humanidade, aprendam a se colcoar no lugar do outro antes de criticar. Cada um sabe onde lhe a perta o sapato e o que é melhor pro seu filho.

Toda mãe erra ou acerta. Mas cabe a ela ver isso e não à nós!

Escovando os dentinhos

Sexta, comprei o gel bucal e a escovinha pro Junior. Gente, ô coisas caras! A escova o preço é até razoavel, mas o gel... Fora a dificuldade de achar.

A primeira vez que fui escovar foi engraçado. De cara ele "trancou" a boca, mas depois que sentiu o gosto da pasta abria que era uma beleza. 

Quero que ele comece a ter esse hábito de escovação. Está com 6 dentes e estão nascendo mais 4, isso inclui os molares, que tá dando febre e dor de ouvido nele.

Lembrando que o gel é sem fluor, viu gente! Eu usei esta escova da Oral-B (olha o mershan kkk) e esta pasta da Sanifill.





















fonte das imagens: Google
Como faço a higiene bucal do bebê?
Os cuidados com a higiene da boca devem começar muito antes de os primeiros dentes surgirem. Nos recém-nascidos, o ideal é passar uma gaze ou fralda umedecida com água filtrada por toda a boca, limpando gengiva, bochechas e língua, para remover os resíduos do leite. No 6o mês, quando costumam aparecer os primeiros dentes, passe a usar uma dedeira. Com ela, faça movimentos suaves. O procedimento já é um treino para a escovação, que pode ser feita a partir de 1 ano, com escova de dente macia e pasta sem flúor. O cuidado com os dentes de leite é muito importante, pois são eles que guiam o nascimento saudável dos permanentes. A boa higiene bucal previne um mal conhecido como cárie de mamadeira, causada pela falta de limpeza após as mamadas (seja de leite materno ou não) ou pelo excesso de açúcar na alimentação. Esse tipo de cárie pode atacar todos os dentes da criança em apenas dois meses, provocando mau hálito e dificultando a mastigação e a fala. Fique alerta: se observar manchas brancas e opacas nos dentes, leve logo seu filho ao dentista.

PARA DEIXAR A BOCA BEM LIMPA
Shutterstock
Arquivo pessoal Crescer Dedeira Deve ser usada após o nascimento dos primeiros dentes. Com ela, massageie a gengiva e os dentes suavemente
Shutterstock Escova de dentes Prefira as com cerdas bem macias para não machucar as gengivas, que ainda são sensíveis
Shutterstock Creme dental No início, a criança não sabe cuspir e engole o creme. Para essa fase, escolha uma pasta de dentes sem flúor

 Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI72296-15155,00.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...