16 março 2012

Da saudade que eu sinto...

Lendo o post da Carol, lembrei das saudades que sinto. E a cada dia que passa, essa saudade só aumenta.

Todas as vezes que vejo uma mulher grávida, lembro da minha gestação. Lembro da descoberta, que foi uma puta surpresa. Lembro do meu primeiro ultrasom, e eu achando que era coisa da minha cabeça. Lembro perfeitamente da voz do médico dizendo "É neném, sim!".

Daí, vem a saudade... A saudade da espectativa de ver minha barriga aparecer, e eu mostrar pro mundo que estava grávida. Saudade das roupas que não cabiam mais, dos vestidos lindos, que hoje eu não vejo mais graça. Tenho saudade da espectativa do sexo, que pra mim não era tanto. Eu sentia que era o meu Junior!

Saudade dos seus chutes e socos. Dos pézinhos na minha costela, da mãozinha empurrando minha "perseguida". Saudade da barriga pesada, de me sentir estupidamente linda mesmo com a raiz preta gritando (loira de farmácia, abafa). Saudade das idas ao banheiro várias vezes ao dia e durante a noite. 

Sinto saudade das contrações de treinamento, que me perseguiram por alguns dias. Saudade daquela terça-feira, que eu estava apenas com uma dorzinha de coluna. Mas, bem no meu intímo, eu me sentia estranha. 

Sinto saudade das contrações dolorosas que senti com você querendo vir ao mundo. Saudade de cada minuto naquela mesa de parto, sentindo você sair de mim pra nunca mais ser só meu.

Ai, que choro! Choro porque desde de aquele dia, o tempo parece ser como o vento, quando dei por mim, já passou. Daí, eu tento te manter "debaixo das minhas asas", tento fazer você ser o meu recém-nascido. Mas isso é impossível! Você insiste em crescer, em ser independente! Você sentou, duas semanas depois engatinhou e agora você quer andar! Que droga!!! Dá pra você parar só um dia pra ser só meu de novo!

Logo você vai estar correndo por ai. Vai estudar, fazer faculdade, conhecer garotas bonitas (se forem feias eu te arrebento!). Ai você vai conhecer alguém especial, que vai te fazer feliz. E você vai casar e vai embora, ter a sua vida. 

Aí sim, eu vou morrer de saudade. Por que todas as suas fases vão passar pela minha mente, como um filme. Sei que vou lembrar de tudo isso e ainda tem as coisas que ainda não vivi com você. Mas o que vai mesmo me matar, é te ver partir pra ter a sua vida e ter a certeza que desde o dia 11 de maio de 2011 você nunca mais foi só meu!

Maicon Jr., Eu Te Amo! Incondicionalmente!
 Pedaço do meu ser, razão do meu viver!!!




Um comentário:

  1. ai q lindo! lendo e me vendo dizendo as mesmas palavras! o tempo passa e nossa ja ja vão estudar, sair, namorar... ai gente... o tempo passa...

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante pra mim!

Obrigado pela visita!!!

♡ Grauce e Junior ♡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...