26 outubro 2010

Pra que servem os exames - Primeiro Trimestre

Pesquisando pelos sites da vida, achei esse tópico da Crescer muito interessante. Ele explica pra que serve cada exame pedido pelos nossos médicos.



- Hemograma Completo
Verifica sinais indiretos de infecção, de anemia ou alterações das plaquetas. É pedido logo na primeira consulta.

- Tipagem Sanguínea
Mostra se a mulher é Rh positivo ou negativo. Se a mãe for Rh positivo e o pai Rh negativo, a gestante precisa tomar um injeção de imunoglobulina na 28° semana de gravidez e nas primeiras 72 horas após o parto caso o bebê seja Rh+. A vacina serve para o organismo da mãe não reconhecer, em uma próxima gravidez, o feto como estranho Caso essa dessensibilização não aconteça e o sangue do feto entrar em contato com a corrente sanguínea da mãe, o organismo dela passa a produzir anticorpos que podem atacar o bebê, danificando os glóbulos vermelhos dele e causando anemia, por exemplo.

- Sorologia para Sífilis (VDRL e FTA-ABS)
Analisa a existência do microorganismo Treponema pallidum, causador da doença, que é sexualmente transmissível. Se não for tratada a sífilis passa para feto pela placenta e pode causar desde malformações (algumas irreparáveis) até a morte do bebê. Há risco de aborto

- Sorologia para HIV
Verifica a presença do vírus causador da Aids. Quando a doença é tratada corretamente durante a gestação e os cuidados necessários são feitos na hora do parto, as chances de o bebê ser contaminado pelo vírus são menores

- Sorologia para Hepatite B e Hepatite C
Verifica a existência do vírus que causa a hepatite B e C. As pessoas que contraem a doença têm probabilidade de 40% para cirrose hepática e 40% de câncer de fígado. São doenças graves, pois a infecção leva à doença crônica do fígado. Se o bebê é atingido pelo vírus, terá os mesmos problemas ao longo da vida.

- Sorologia para Toxoplasmose
Detecta se a gestante está infectada pelo protozoário Toxoplasma gondii, transmitido por animais, principalmente pombos e gatos, carnes cruas e malpassadas de mamíferos ou frutas, legumes e demais carnes contaminadas durante o manuseio. Pode passar pela placenta e ter ou não consequência sobre o bebê. Os problemas que podem surgir são: hidrocefalia, cegueira congênita e até a morte.

- Sorologia para Rubéola
Verifica se a gestante contraiu a doença. Embora, em geral, inofensiva para a mulher, a rubéola pode causar malformações cardíacas, oculares e cerebrais no feto aborto e parto prematuro quando contraída durante a gravidez.

- Sorologia para Citomegalovírus
Verifica a existência do vírus. O risco é a mulher contrair durante a gravidez. Se passado para o feto, pode causar problemas como baixo peso, microcefalia, icterícia, além de ser a principal causa de surdez congênita.

- Urina 1 e Urocultura
Verifica se a mulher tem alguma infecção urinária sem sintomas aparentes. Quando não tratada, pode levar ao trabalho de parto prematuro. O exame deve ser feito, pelo menos, uma vez a cada trimestre.

- Papanicolau
O exame preventivo para câncer do colo do útero é pedido especialmente as mulheres que não o fizeram os ultimos três anos. Identifica infecções vaginas que podem comprometer o bom desenvolvimento da gravidez.

- Ultrasom Básico Obstétrico Endovaginal ou Transvaginal
Confirma a presença do embrião, o tempo da gravidez, a frequência cardíaca do feto e se há um ou mais embriões sendo gerados.

- Translucência Nucal
O objetivo é medir a prega da nuca do bebê, para junto com outros exames, avaliar o risco de o feto ter Síndrome de Down. Apesar de o examen não ser coberto pelo SUS, todo médico deve pedir. 

- Teste Oral de Tolerância à Glicose (TOTG)
Diagnostica com maior segurança o diabetes, especialmente em pacientes com casos na família e obesidade. Recomenda-se manter a alimentação habitual nos dias anteriores.

- TRH, TSH, T3, T4 e T4 Livre
Verifica a função da tireóide. O hipotireoidismo, quando não tratado, pode levar ao aborto e o hipotireoidismo piora os enjoôs e crises de vômito, por exemplo. A Organização Mundial da Saúde não inclui como obrigatório, mas alguns médicos pedem. 
- Ecocardiograma Fetal
Verifica a presença de problemas cardíacos no feto. Geralmete é pedido para gestantes acima de 40 anos ou com históricos de doenças cardíacas tanto em gerações anteriores como na própria família.

Até flores!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante pra mim!

Obrigado pela visita!!!

♡ Grauce e Junior ♡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...