06 março 2011

Explicando o Inexplicável


Como posso amar alguém que eu se quer vi? Como posso querer proteger e dar a vida por alguém que eu não conheço? Que sentimento é esse que crescer e eu não sei descrever como é? Porque esses pés e essas mãos tão pequeninas mexendo dentro de mim, fazem com que eu me sinta tão capaz?

Essa mesma capacidade me faz querer amadurecer, me faz querer ser sábia. Essa capacidade faz com que eu sinta tamanho poder, que por esse alguém eu chego até o céu se ele quiser.

Como explicar um sentimento que não tem fim, que não tem palavras? Porque esse alguém é tão importante assim pra mim? Porque por esse alguém vivo e morro? Porque ele nem nasceu e eu tenho um sentimento tão egoísta de quere-lo só pra mim?

São coisas que passam pela minha cabeça e eu simplesmente não sei explicar. Só posso dizer que agora sim eu sei o que é amor, agora sim eu me sinto viva. Nada do que vivi se compara a sensação de ter o meu filho no meu ventre e pensar que logo, logo ele estará nos meus braços.

Não sei como explicar a sensação de ter um ser tão indefeso e pequenino. Um ser que me faz querer ganhar o mundo. Um ser que eu imagino ser branco como o leite, de cabelos lisos e negros. O mesmo ser que, dias antes de saber que o gerava, sonhei com ele sendo alimento no seio que eu espero saciar a sua fome.

Eu poderia ficar horas e horas tentando descrever o que sinto. Poderia passar dias e noites tentando explicar os sentimentos e sensações. Mas, se eu fizer isso, vou perder cada movimento que ele der. E eu quero parar tudo, quero que o mundo pare de girar para ver o que ele faz dentro de mim. Porque depois que ele estiver nesse mundo, tudo vai passar tão rápido, que a única coisa que vou poder dizer é: Valeu a pena, valeu muito a pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é importante pra mim!

Obrigado pela visita!!!

♡ Grauce e Junior ♡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...