26 março 2013

Será que me livrei??

Acho que muita mamãe pode não saber o que é, mas já ouviu falar no terriblo twos. Fase de birras, manhas, mal criações. A criança vai de risos a gritos na velocidade da luz! Começa por volta dos 2 anos.

Daí, vendo algumas mães relatarem essa fase, reparei que o Junior AINDA não passou por ela. Teve uma época que ele andou nervoso e estressado, mas era por conta de 6 dentes nascendo de um só vez! Mas no resto, ele é bem tranquilo. Claro apronta, faz arte, mas não é de muita birra ou manha, até porque não dou ibope pra isso.

Tem uns dias que ele tá um tiquinho mais obediente. O Junior era aqela criança que chegava na casa dos outros e saia mexendo em tudo, e isso também acontecia aqui em casa. Das minhas vasilhas plásticas de cozinha ficou só as tampas! Ele pegava e ficava subindo em cima até quebrar e eu jogar fora. Meus bibelôs da estante ficavam no alto, mexia no computador (to desconfiada que ele conseguiu até desconfigurar ele uma vez).

Então, resolvi mudar isso! Acho feio criança que mexe em tudo e eu brigava com ele, mas era o mesmo que nada. Ele simplismente não me obedecia! Ainda tinha uma agravante, a casa dos outros, na maioria das vezes, eram casas de parentes, tias, vós, bisas, vô... Ai imagina esse povo tooooodinho falando "não briga com ele não". Comecei a falar pra eles pararem de falar isso, que o Junior precisava de limites, que se ele crescer assim que não me culpassem por não dar educação. Aos pouco eles viram que eu tinha razão! A única que não gosta muito quando eu falo que nem tudo tem que ir pra mão dele é minha sogra, até comentei isso com o marido e ele concordou comigo. Já falei pra ela não fazer as vontades dele, se não quando tiver na frente dela vai ser uma criança sem limites e eu não quero isso.

Toda vez que ele mexia no que não devia eu chamava a atenção dele. Falava que não podia mexer, que aquilo não era brinquedo dele... E começou a funcionar, mas depois de muito tempo. Agora ele me obedece mais, se tiver mexendo no que não deve eu na hora falar "Juuuuunnniiiooor, sai dái!" ele guarda no lugar o que tiver mexendo e sai. Ele age como se me respeitasse e não como se tivesse medo de mim. A coisa funcionou sem gritos, sem tapas. Tudo com muita paciência (ô coisa dificil!) e dedicação., porque não basta só amor.

As birras ele chegou a fazer algumas vezes e eu simplismente ignorava. Que graça teria ele ficar se jogando no chão, chorando e gritando sem eu pra assistir? Quantas vezes eu briguei e ele começou a se jogar pra traz e chorar? Eu simplismente colocava ele no sofá e deixava ele fazer o circo, quando ele cansava eu ia dar carinho e colo. E... funcionou! Ele não fez mais. Foi depois disso que ele passou a me odedecer.

De repente ele até passou por essa fase eu consegui contronar. Ou ele nem chegou ainda eu to aqui contando vitória =/

Só sei que fico pensando se ela chegar, pensando que eu o-de-io criança birrenta e escandalosa, que acho feio. E como vida de mãe é viver pagando a lingua... Tamos ai minha gente!


TERRIBLE TWO: COMO LIDAR?
Opinião da Pedagoga:
“Cada criança (ser humano) é único. Sabemos  que não nos diferenciamos apenas pelas características físicas, mas no decorrer da vida, através das fases, construimos a nossa própria personalidade e isso ocorre por volta dos seis anos de idade. A família  estruturada é a base da boa educação e tudo vai depender de como os responsáveis conduzem os conflitos e as frustações da criança.
Temos crianças que passam tranquilamente por essas fases sem apresentar nenhuma mudança de comportamento, porém quando acontece ao contrário, pode acreditar que ela está pedindo socorro. Principalmente nesse início de vida é de fundamental importância que os responsáveis estabeleçam os famosos “limites”, pois eles fazem toda a diferença na vida da criança. Se desde cedo forem educados com princípios e valores, os pais terão tranquilidade para orientá-los em todas as outras fases da vida.”

Opinião da Psicóloga:
“A maior parte das crianças passa por essa fase do NÃO entre um e dois anos e meio de idade. A criança inicia balançando a cabecinha como sinal de não e depois de um tempinho já é capaz de verbalizar essa fala, e aí é NÃO para tudo.
Parece desafiar a autoridade dos pais e essas negociações entre pais e filhos muitas vezes acabam em birra, que não é nada mais do que uma oposição ativa. Esses “nãos” acontecem ou porque os pais querem que a criança faça uma coisa, como por exemplo tomar banho e ela não quer, ou porque elas querem fazer algo contrário ao que os pais deixam (assistir TV), enfim, as birras podem acontecer de diversas maneiras.
Essa situação é muito frequente, então os pais não devem se apavorar! O importante é saber lidar com a birra, sempre ficarem atentos e não acharem que falar “sim” é sinônimo de ser um bom pai. É dever dos pais falarem o NÃO, mesmo que para isso eles tenham  que enfrentar uma birra ou um rostinho bravo, pois desta maneira eles estarão educando seus filhos, ensinando-os a perder as coisas, aceitar frustrações e lidar com limites. Uma criança que não aprende a lidar com limites e frustrações futuramente terá muita dificuldade em viver num mundo que exige tantas limitações e consequentemente se tornará um indivíduo com dificuldades em enfrentar problemas e desafios que a vida impõe.”

3 comentários:

  1. Interessante!

    Tbm tenho horror a criança mal educada... Acho que, no meu caso, vou pecar pelo excesso de bronca, não pela omissão...

    Espero ter muita paciência...

    Beijo

    Mãe e Mel

    ResponderExcluir
  2. ai, passei e tô passando por isso agora. Tudo é não, e ela simplesmente NÃO me houve e só fica repetindo não, não a não. Ela se irrita e fica repetindo não o tempo todo!
    Problema é quando estamos com pressa, atrasadas e eles fazem isso não? Aí não dá pra esperar o "circo" acabar...

    Mas, cada fase é uma fase neh...

    bjo!

    ResponderExcluir
  3. Pois estou nessa também, e pior que falta de chamar atenção,brigar e essas coisas não falltam e o tempo todo, mais vamos lá seguindo a vida, mas tento colocar limites nele, e quando ele chora ou se joga saio também....

    Bjinhos

    Vitoria & Nathan

    ResponderExcluir

Sua opinião é importante pra mim!

Obrigado pela visita!!!

♡ Grauce e Junior ♡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...