31 maio 2013

Carta de um coração em desespero!

"Eu nunca, nunca na minha vida senti isso! Hoje, por alguns minutos, vi a minha vida sem você. Me senti vazia e sem vida.

Hoje te faltou o brilho nos olhos, o sorriso nos lábios. Te faltou as pernas que correr pela casa, as mãos pra espalhar os brinquedos. Tudo o que eu tinha nos braços era um pedaço de mim com o olhar vazio, um nariz entupido.

Depois de uma crise tosse que chegou a te fazer vomitar, me bateu um pânico enorme. Me imaginei recebendo uma triste notícia. Ao chegar em casa eu só pensava em "eu não vou suportar". Eu só sabia pedir a Deus que tocasse em cada pedacinho do seu ser e tirasse tudo o que não era da vontade dEle e que te fizesse melhorar.

Mas ao de ligar para o Dr. Junior e explicar que mesmo tomando a medicação você não melhorava, meu coração se acalmou ao ouvir "Mãe, antibiótico leva 72 horas pra fazer efeito." Mesmo assim você ainda estava lá, deitadinho no sofá, choramingando e implorando os meus braços e o meu aconchego.

Mas quem diria que depois de uma inalação e uns minutos de sono você estaria ali novamente, se jogando em cima da gente, dando aquela D E L I C I O S A gargalhada e chamando a gente pra brincar. Acredite, você até dançou a batida da Pop junto com a turma do Peixonauta e tirou risos do seu pai.

Filho, nunca mais faça isso comigo! Nunca mais me permita ver aquele olhar! Você até pode ficar dodói, mas não pode me fazer pensar besteiras!

As lágrimas correm pelo rosto por saber que você está na sua caminha dormindo como sempre. Que de novo eu tive que brigar com você porque já era a hora dormir.

Eu te amo tanto, tanto, tanto que chega a doer!"


29 maio 2013

Ele tem sinusite!

Pois bem, lembram que Junior teve um resfriado daqueles? Neste fim de semana ele já tinha melhorado bastante, não tinha mais coriza, tosse, febre ou espirro. Só que na segunda feira ele acordou ardendo em febre, com o nariz super entupido e muito, muito enjoado. Só queria colo ou ficar deitadinho no sofá vendo seus desenhos no DK. Eu ficava me perguntando o tempo todo como aquilo tinha acontecido se no dia anterior ele estava bem e como num passe de mágica o moleque fica de cama.

Gente, quer me ver em pânico é o Junior ficar assim. Ele é uma criança super ativa, brinca o tempo inteiro, corre pra lá, corre cá, faz arte. Dai imaginem ver ele amoadinho como estava? O Maicon ligou pra saber como a gente estava e eu desabei a chorar, falei do estado do Junior e combinamos de leva-lo ao PS quando ele chegasse. Mas em menos de 20 minutos ele retornou a ligação dizendo pra se ajeitar que ele estava voltando pra casa.

Assim que ele chegou fomos ao PS. Não gostei muito da pedi, achei ela seca demais, mas né descobriu o que o Junior tinha. Falei dos sintomas ela olhou ouvido, garganta, ouviu o pulmão... E constatou ser uma sinusite! Perguntou se ele roncava e falou que quem tem ronca por conta da secreção acumulada na fase (falei mais a frente). Receitou um xarope para ajudar na eliminação da secreção, um antialérgico e um antibiótico. Assim que saímos do hospital compramos e chegando em casa eu já dei os remédios e programei os horários.

Como ele não tinha dormido a tarde, por conta de estarmos no hospital, ele dormiu cedo por volta das 22:30 e em menos de 1 hora ele acordou. Estava bem mais enjoado que de manhã, com febre e resmungava muito. Nenhuma posição que eu o colocasse estava bom. Eu já tinha pesquisado que vapor era bom pra "dissolver" a secreção acumulada, mas quem disse que o menino queria respirar o vapor ou deixar eu colocar um pano morno no rosto dele?

Assim seguimos até quase 3 da manhã. Eu já estava esgotada! Cansada de ficar com ele no colo, com sono e meu psicológico já nem existia mais. Mas hoje ele acordou bem melhor, não mais com febre apenas um estado febril e 2 vezes e menos ejoado. Brincou como de costume, mas também teve aquelas horinhas chatas que ele reclamou um pouco, o que já era esperado né. A alimentação segue normal, todas comemora! A Claudia, mamãe da Bella, me deu uma dica e vou fazer pra ajudar ele a expectorar essa secreção. Ela falou para colocar soro no nariz que ajuda bastante.

Meu pai, minha mãe e minha sogra tem sinusite. Mas meu pai tem umas crises absurdas! Oremos pra que o Junior não herde essa alergia.

Achei informações no site Minha Vida sobre Sinusite e os sintomas batem exatamente com o que tem.


22 maio 2013

3 anos!

Hoje eu e marido comemoramos 3 anos de casados, nossas Bodas de Couro!

São 3 anos de descobertas como seres humanos, como pais, como homem e como mulher. 3 anos de amor, companheirismo, amizade, felicidade... Não que nunca tenha existido algumas pedrinhas no caminho, mas elas servem para reforçar as nossas bases como casal e são muito importantes nessa caminhada.

Senhor, muito obrigada pelo casamento abençoado e pelo esposo que me deu!

Muito obrigado por tudo!!!


17 maio 2013

Não posso, não dá!

Mulher não pode se dar ao luxo de ficar doente e meu corpinho lindo e magro resolveu 'catar' uma gripe! Acho que ele pensou assim: Essa mulher tá trabalhando demais, vou fazer ela ficar de cama pra poder descansar. Sem sacagem, gente! 

Mas, vâmo pensar aqui... Mulher pode ficar doente? Claro que não! Tem um filho que pega a caixa de brinquedos, vira ela até não ficar um dentro e não contente com isso espalha tudo pela casa. Ai essa mãe cata esses brinquedos umas 3/4 vezes por dia; essa mesma criança quer fazer o braço do sofá de corda bamba e ficar em pé em cima. Ai, de quebra, essa mulher tem uns orçamentos pra fazer, umas trocentas artes; casa pra arrumar, comida pra fazer; roupa pra lavar.

Só que... eu num guentando nem respirar, se eu der um suspiro mais profundo eu tenho uma parada respiratória porque o ar nesse pulmão resolveu não entrar (só um pouco de drama não mata, é que to assistindo muita novela mexicana...). Mas é sério, um minimo de esforço e eu sinto uma falta de ar horrenda! Essa semana eu mal consegui arrumar a casa, se eu pegar na vassoura eu vou mórreêêêer.

Pra ajudar, a gripe me deixou sem fome nenhuma. Me obrigo a comer qualquer coisa porque né, saco vazio não pára em pé e eu que já sou gordo pra caramba, sqn, se ficar sem comer vou sumir do mapa!

13 maio 2013

Mais que especial!

Gente, esse fim de semana foi ma-ra-vi-lho-so!

No sábado Junior comemorou seus 2 aninhos. Lembram que eu tinha falado que não faria nada? Pois bem, não achei justo esta data tão importante passar assim, em branco. Daí, resolvi fazer um bolinho (bolinho meeeeesssssmo!) e chamar só os familiares pra comemorar e olha, a noite foi super bacana! Foi tão bom que to pensando em fazer o niver de 3 anos assim, com a diferença que vai ser em um salão, com mesa e tudo mais.

Olhem as fotos e vejam como foi SÓ UM BOLINHO rs! As fotos estão na ordem em que foram tiradas, lembramos de bater depois do parabéns!

 O parabéns e junior cheio de vergonha.

Nas fotos de cima: Vovó Maura e Vovó Sol. Nas fotos de baixo: Vovô Ideraldo e Vovó Iracema

 Tio Andrew, Tio Erick e Tia Carol

 Nas fotos de cima: Tia Gi, prima Duda; Primo Jonathan e prima Daiane. Nas fotos
de baixo: Dindo Leando, Tia Pati e Tio Geovane, Tia Vanda.

 Papai e mamãe




No domingo, dia das mães, fiz um almoço aqui em casa e minha mãe e minha sogra vieram almoçar comigo. Dia também muito especial.

E também no domingo eu e marido fizemos 7 anos juntos! Pois é 7 anos, passa rápido, parece que foi ontem...


07 maio 2013

Passou e passará...

Rápido! O tempo passou rápido e vai continuar assim! Eu queria poder escrever um post sobre meu niver que fou sábado (dia 4), mas minha mente só gira em torno do Junior. Por que? Por que no próximo sábado é ele quem faz aniversário. 2 anos minha gente. 2 anos!!!

Ai a sentimental aqui fica lembrando toda hora dele pititico, da barriga de gestante, do parto... Pra vocês terem uma idéia essa noite sonhei com ele recem nascido, naquela fase em que eles aprendem a mamar! E pra completar, essa semana uma amiga virtual ficou grávida e descobriu de um forma muiiito parecida de quando eu descobri a gravidez do Junior.

Eu fico olhando pra ele fico lembrando de tudo! Lembro das minhas desconfianças, mas eu não queria me iludir. A minha vontade (e curiosidade diga-se de passagem) de ser mãe era tão grande, que antes de casar eu achei que estava grávida por várias vezes #aloka, dai quando eu realmente estava eu não queria acreditar por achar que fosse fantasia da minha cabeça.

Lembro também de quando descobri, eu estava na casa da minha, tinha acabado de passar numa entrevista de emprego e meu exame admissional estava marcado para o dia seguinte. Porem eu passei muito mal naquele dia na ida pra entrevista, enjoei horrores no trem. Álias, que quase vomitei e desmaiei e olha que eu estava sentada! Ai quando eu peguei aquele teste de farmácia, fiz um pipis numa tampinha de xarope e coloquei a tirinha lá dentro, em segundos, uns 5, as duas listrinhas apareceram. Eu fiquei chocada porque não acreditava que estava grávida. Na realidade eu nem podia ter engravidado, a situação financeira não era lá as melhores pra dar um vida digna a uma criança.

Mas, depois que eu aceitei que sim, eu estava grávida, fui me dando conta do porque de tantos enjoos, tantas cólicas, tantas náuseas, tanto cansaço e fadiga. Ainda tinha a minha barriga que dobrava de tamanho toda vez que eu almoçava ou jantava e marido até brincava perguntando "tem neném ai?".

Ai vem toda aquela sensação de descoberta, de ver pela primeira vez ele através da ultra. Das primeiras recomendações médicas, das inúmeras vindas da família. Lembro da minha ansiedade pra barriga crescer logo, da felicidade quado ela realmente cresceu! Dos vestidos que eu amava usar, da descoberta em ver o meu sonho de criança de meu primeiro filho seria um MENINO!

Dá saudade da minha última gaveta no guarda roupas ser desocupada pra colocar as roupinhas que ele ia ganhando. De olhar e pegar nelas todos os dias e ficar imaginando ele dentro, de fazer planos de quando ele nascesse. De quando ele mexia e parecia que ia rasgar minha barriga. 

Ai vem a saudade que mais dói! A saudade dos meus últimos dias como gestante, de quando eu e ele eramos um. Daquele dia das mães que eu senti duas contrações bem doloridas e todo mundo ficar na espectativa do "será que é hoje?!". De esperar fervorosamente pela virada da lua, porque pelos meus cáculos, naquela terça, dia 10, entraria a 9ª lua crescente. E eu estava certa, porque foi naquela terça que eu passei o dia estranha, tão estranha que eu só lembro de quando eu estava indo embora da casa da minha mãe. Eu não tenho uma lembrança daquele dia, é como se da hora que eu acordei a té as 5 da tarde tivesse sido apagada da minha memória.

Lembro de ter ido pra casa, ter checado as malas. Fiquei pensando que podia ser alarme falso, que ele ainda não ia nascer. Mas as 2 da manhã aquela dorzinha de coluna chata voltou e fomos pra maternidade. E no outro dia, depois de 1 hora, eu descobri o que é ter contração, o que é ficar ansiosa porque sabia que estava cada vez mais próximo ver o rostinho que eu mais amaria no mundo!

E as 14:50 ele chegou! Chegou pra me fazer feliz, pra me fazer ter um motivo e razão pelo qual lutar e vencer. Chegou pra ser meu amigo, meu companheiro no dia a dia. Pra me dar um sorriso lindo pela manhã, pra me chamar de , quando quer minha atenção. Pra me dar o melhor abraço e carinho do mundo! Pra me fazer descobrir o que é amor de verdade!

E eu amo! Amo incondicionalmente! Tanto que chega a dor...

04 maio 2013

Aproveitem!

Gente, abri minha loja virtual e pra comemorar estou fazendo um sorteio lá no meu blog de trabalho.

Convido todas vocês a participarem!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...